Roberto Rodrigues comenta decisões do novo governo para o setor agro

No momento em que o futuro presidente escolhe sua equipe, há uma disputa por cargos que também faz parte do jogo democrático, desde que os interesses subalternos não triunfem: o poder jamais poderá ser disputado apenas "pelo poder em si", mas como instrumento de servir à nação. Nesse cenário, a agropecuária e o agronegócio brasileiros vivem um momento de muita confiança e esperança...

Ver na íntegra

Fonte: Edição 221 | Newsletter ABAG

|

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede